Pedra de granito ou mármore, qual escolher?
Pedra de granito ou mármore, qual escolher? Fachada da casa do arquitetos revestida a mármore. Projeto Obra Atelier

Sabe que pedra natural escolher? Granito ou Mármore?

Pedra de granito ou mármore, qual escolher? Tanto o granito como o mármore são pedras naturais nobres e frequentemente utilizadas. As pessoas ficam na dúvida de qual escolher quando tem de decidir os materiais para a casa, ou para o apartamento ou para a loja, por exemplo. Esta indecisão é compreensível, afinal a escolha não é simples e depende de alguns fatores.

São pedras frequentemente utilizadas em bancadas de cozinha ou casas de banho. Também em paredes interiores ou exteriores, bem como detalhes de decoração. Estas pedras naturais associam charme, sofisticação e elegância aos espaços, sendo assim excelentes opções para quem quer construir ou reformular.

Pedra de granito ou mármore, qual escolher? Foto de pedreira de margarida Vilhena. Primeira pedra blog. Obra Atelier

Para que o seu projeto fique da forma como sempre sonhou e faça a escolha certa, criamos este artigo com os detalhes necessários sobre o assunto. Aprenda aqui as principais diferenças entre estas duas pedras naturais para decidir qual utilizar no seu projeto.

Aplicações do granito e do mármore

Ambas as pedras naturais, tanto o granito como o mármore, são extraídas diretamente da natureza. Obtidas em formas de blocos de pedra, são de seguida serradas em lâminas de diferentes espessuras. A seguir são cortadas e serradas, amaciadas ou polidas para o efeito desejado.

Sabemos que o granito e o mármore são duas pedras sofisticadas… No entanto, existem muitas dúvidas sobre como utilizar cada uma delas. Basicamente, as duas opções podem ser utilizadas como revestimentos e acabamentos. O mais comum é aplicá-las em locais como:
– revestimento de pisos e paredes;
– fachadas de construções;
– acabamento de móveis, como bancadas e armários.

Contudo, para utilizar o mármore e o granito da forma adequada, deverá estar atento às aplicações e características específicas de cada um. Por um lado, o mármore é a melhor opção para os espaços mais nobres: Casas de banho, salas de estar ou jantar. Por outro lado, o granito costuma marcar presença em fachadas, cozinhas e áreas gourmet.

Veja o exemplo da Casa da Oliveira, na imagem abaixo, que utiliza o granito amarelo de forma tão surpreendente!

Diferenças técnicas:

Granito

A primeira diferença está na composição de cada pedra. O granito é composto principalmente pelos minérios quartzo, feldspato e mica. Estes componentes fazem com que o granito tenha beleza e muita durabilidade.
É uma pedra mais dura e mais forte do que o mármore. Não risca facilmente porque tem “dureza Mohs” alta (entre 6/7).
Por ter baixa porosidade o granito não mancha e absorve poucos líquidos, fazendo com que seja uma excelente opção para locais húmidos, como a cozinha.
Além de possuir cores mais mescladas por causa da disposição interna de minerais. Isso faz com que o granito tenha uma aparência mais luminosa em comparação ao aspeto mais uniforme e suave do mármore.

Resumo de dicas para que possa avaliar antes de escolher o granito:
– por ser mais resistente, o granito pode ser aplicado em bancadas, pias de cozinha, lavatórios de casa de banho e áreas externas;
– caso pretenda utilizar o granito nas fachadas, prefira os granitos avermelhados ou verdes, com menor granulação e porosidade;
– o granito tende a ser mais barato do que o mármore.

Veja como a Casa da Azenha, na imagem abaixo, utiliza o granito amarelo no revestimento das fachadas, num efeito bujardado.

Mármore

O mármore é uma rocha metafórica originária do calcário. O termo rocha metafórica é utilizada no mármore por ter sido inicialmente um calcário comum. Ele passou então por transformações físicas e químicas, devido as altas temperaturas e pressões no interior da Terra.
A sua composição faz com que tenha uma coloração mais uniforme com formação de veios mais definidos.
Mas também menos resistente e mais poroso do que o granito.
Por ser mais poroso é mais suscetível a manchas e pode absorver gordura.

Por isso, quando for o momento de escolher tenha em conta estas características. O mármore pela sua constituição de base calcaria sofre com a ação das intempéries e da poluição, por isso é recomendado a sua utilização em espaços interiores.
Deve ser utilizado em espaços de pouco trafego, porque se desgasta mais facilmente com o atrito das areias sobre ele, pois tem “dureza de Mohs” baixa (entre 3/4).
Os ácidos também podem facilmente manchar e retirar o brilho do mármore quando sujeito a produtos de limpeza intensos, vinagres e limão.
O mármore é mais indicado para revestimento de paredes porque é mais leve do que o granito.

Resumo de dicas para que possa avaliar antes de escolher o Mármore:
– O mármore deve preferencialmente ser utilizado em ambientes internos;
– Prefira aplicar o mármore em espaços com baixo tráfego de pessoas, para que a pedra não se desgaste com o atrito;
– A pedra é mais indicada quando usada para revestimentos. Isso porque tem maior leveza que o granito;
– o mármore costuma ser mais caro.

Descubra como na Casa dos Arquitetos, (imagem abaixo) estes ousaram utilizar o mármore em revestimento exterior de fachada. O resultado não podia ser mais deslumbrante!!

Vantagens do Granito e do Mármore

Por o granito ser uma rocha mais dura que o mármore, podemos afirmar que é mais resistente. Essas características tornaram o granito bastante utilizado em bancadas de cozinha ou áreas de serviço, pois no passado era conhecido por ser mais resistente a riscos e manchas resultantes do uso de facas afiadas ou derramamento de líquidos.

Porém atualmente o mercado de rochas possui impermeabilizantes de qualidade, que quando utilizados de forma apropriada permitem a utilização de mármores em áreas molhadas como cozinhas e casas de banho assegurando maior resistência para riscos, absorção de líquidos e corrosões.

Descubra como a equipa do Obra Atelier utilizou o granito na reformulação do Apartamento de Cascais. Clique aqui

Como saber se uma pedra é granito ou mármore?

Muito fácil. É suficiente utilizar um objeto de metal, como um moeda e riscar a superfície da pedra. Devido a “Dureza Mohs”, o mármore risca e o granito não.

Esperamos que tenha tirado as sua dúvida sobre a diferença entre o granito e o mármore, e saiba já qual vai escolher!  No entanto, se continuar com duvidas que pretende esclarecer, entre em contacto com a equipa especializada em soluções de pedra: Opallla

Siga o blog para mais novidades e informações sobre os assuntos relacionados com Arquitetura e Interiores!

O nosso website usa cookies. Ao continuar, assumimos sua permissão para a utilização de cookies, conforme detalhado na nossa politica de privacidade.

  • Sobre nós

    OBRA ATELIER é uma marca criada em 2004 que desenvolve serviços integrados com base numa arquitetura moderna, requintada e personalizada.

  • Serviços

    – Arquitetura, Engenharia e Paisagismo

    – Interiores e Design

    – Recuperação e Reformulação

    – Fiscalização e Gestão de Obra

    – Projetos Chave na Mão

  • Especialidade

    Especialistas em Projetos de Arquitetura Moderna e Contemporânea, assim como na Reformulação de Interiores e Execução/Gestão de Obra.

  • Contactos

    Tlf.: +351 252 996 374

    Whats app: +351 934 482 850

    info@obraatelier.com