A teoria da cor na arquitetura

A cor é um elemento que faz parte do nosso mundo, não apenas no ambiente natural, mas também na arquitetura produzida pelo homem. É por isso importante entender como a cor influencia arquitetura. Pois o cérebro processa esse ambiente colorido e julga o que percebe de forma objetiva e subjetiva. Até os invisuais são influenciados pelas suas radiações e capazes de as identificar, pois cada cor reflete uma temperatura diferente.

Isto torna o estudo da cor uma necessidade em todas as atividades que estão relacionadas com o Homem e com a melhoria das suas condições de vida. E a aplicação racional da cor pode, de facto, proporcionar um substancial bem-estar a quem dela desfruta.

Para tal aconselhar-se com um profissional de arquitetura será sempre uma excelente opção. Saiba aqui as vantagens de contratar um arquiteto.

As cores causam percepções e exercem sobre as pessoas uma tripla ação que devemos entender:
– A cor é vista – Impressiona, chama atenção.
– A cor é sentida –  Provoca reação ou emoção, pois cada cor é capaz de se expressar.
– A cor é construtiva – Constrói, pois cada cor tem um significado próprio e por isso mesmo, capacidade de construir uma linguagem que comunique uma ideia.

Se utilizada de forma eficiente, a teoria das cores é uma das ferramentas mais poderosas em arquitetura. As cores são uma forma de comunicação não verbal, que diz muita coisa numa fracção de segundos. Elas podem num instante criar diferentes estados de espirito, expressar sentimentos, invocar uma reação emocional ou inspirar as pessoas a agirem de determinada forma. A cor influencia arquitetura, a forma como a percebemos, a sentimos e a vivemos.

Ilusões ópticas através da cor

Todas as pessoas estão sujeitas a ilusões de óptica produzidas pela cor e que nos influenciam na percepção da arquitetura e da vivência dos espaços.

A cor possui temperatura, peso, equilíbrio e espaço, leis que definem a sua utilização. Toda a cor tem uma ação móvel. As distancias visuais tornam-se relativas. O campo visual torna-se elástico. Por exemplo, uma superfície preta ou uma superfície vermelha, ilusoriamente, parece aproximar-se, uma superfície branca ou azul parece afastar-se.

Como a cor influencia arquitetura. Estudo dos efeitos psicológicos da cor pelo atelier Obra Atelier para um projeto

A cor é uma força poderosa do ponto de vista sensorial que não faz só recuar e avançar, mas influência a informação que percebemos na arquitetura. O volume de um objeto pode ser alterado pelo uso da cor, assim como o seu peso. Dois objetos de igual volume, peso e forma pintados com cores diferentes parecem efetivamente distintos. Começamos a compreender de que forma a cor influencia arquitetura.

Também jogos de sombras e luz podem criar ilusões de óptica. Devido à orientação da luz, as esferas abaixo, a da esquerda, a mais pequena nos parece saliente enquanto a da direita nos parece reentrante. No entanto tem ambas dimensões iguais.

Como a cor influencia arquitetura. Ilusões ópticas através da cor e jogos de sombras e luz.

Um conjunto de cores poderá ser equilibrado ou não, conforme a sua combinação, e esse equilíbrio pode ser proporcionado pelas sensações suscitadas pela cor e sua combinação.
Um exemplo muito comum: Já se questionou porque são utilizadas cores verdes e azuis dentro dos hospitais e não a cor branca? A cor branca não faria mais sentido? E a obsessão que os restaurantes Fast-Food têm com a cor vermelha e amarela? Iremos ver mais a frente, exemplos de cor e como influencia arquitetura.

Circulo cromático

Sabemos que o olho humano pode distinguir mais de dez milhões de cores diferentes. Existe assim uma infinidade de possibilidades quando o assunto é combinação de cores.
Para tal os estudiosos da cor tiveram necessidade de organizar de forma racional e lógica as cores que observavam, e criar um sistema que facilite o seu uso de forma equilibrado. Isto levou-os a criar um circulo cromático fundamental.

Este parte da luz branca do sol que se decompõe em cores: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul e violeta. Essas cores são divididas em cores primárias ou fundamentais (amarelo, vermelho e azul) e cores secundárias (laranja, verde e violeta) que surgem como uma mistura das cores primárias.

Como a cor influencia arquitetura. circulo cromático. Obra Atelier

Num círculo cromático, são similares as cores que ficam umas ao lado das outras, ou seja, aquelas que tem tonalidades semelhantes. Essa proximidade entre elas faz com que sejam mais simples de trabalhar e garantam bons resultados em diversos projetos de arquitetura ou interiores e decoração.

O circulo cromático é assim um instrumento muito importante para entendermos como as cores se relacionam entre si e como as podemos combinar em várias conjugações.
Quer saber mais sobre o assunto, e como combinar as cores para uma decoração deslumbrante? veja aqui.

Assim para escolher as cores que pretende usar no seu ambiente, tem de levar em consideração uma série de fatores. Deve considerar o efeito de cor de cada elemento da construção de um edifício, desde as cores terrosas dos materiais de construção primários, como madeira, pedra, tijolo e mármore, até a ampla variedade de cores disponíveis para pintura, portas, janelas, revestimentos.

Venha descobrir a paleta de cores utilizada no projeto de reformulação do apartamento abaixo, e que cria uma atmosfera marcante de aconchego e de muito bom gosto. Com Serviço Chave na Mão, a equipa do Obra Atelier elaborou um projeto de fazer cair o queixo e aquecer o coração, tanto dos moradores como das visitas.

Psicologia da cor

Os estudos científicos confirmam que a cor nos influencia psicológica e fisiologicamente. Um dos resultados mais impressionantes tem a ver com as conotações das cores e associações de humor a cor, que tem consistência transcultural de um indivíduo para outro e de grupo para grupo.
O grande número de estudos comparando seres humanos em todo o mundo, como homens com mulheres, crianças com adultos, leigos com arquitetos e até macacos com humanos, mostra que a cor é uma linguagem visual internacional compreendida por todos.

A sensação de uma cor e a mensagem que ela transmite são de extrema importância na criação do ambiente que se pretende para o espaço.
Se criamos um espaço com paredes, pisos e tetos de cores neutras, quando aplicamos certas cores nas diferentes superfícies, obtemos diferentes efeitos visuais, aqui alguns exemplos:
# Se pintarmos apenas as paredes laterais do espaço, há uma forte sensação do espaço mais estreito.
# Ao passo que, se for aplicado cor a todas as paredes, temos a percepção de um espaço mais profundo do que realmente é.
# Se aplicarmos uma cor mais escura no teto, temos a sensação de um espaço mais baixo.
# Mas se aplicarmos cor à parede central do espaço, é criada visualmente a ideia de um certo “encurtamento espacial“.
# Se pretendermos diminuir a altura do espaço ou colocarmos o foco na altura do olhar do observador, então pintar todas as superfícies a meia altura e colocar os tons mais escuros nas superfícies superiores conseguimos o efeito desejado.
# Caso contrário, ao pintar a parede central e o teto no mesmo tom, o ambiente parece expandir-se.

Como a cor influencia arquitetura. Varias formas de pintar paredes, tetos e pavimento que dão sensações diferente.

A cor tem assim muitas influências na arquitetura e na forma como percebemos os espaços. Também aprendemos a responder a certas cores de diferentes formas. Por exemplo, vermelho significa cuidado / parar / sangue, mas também há reações que são subconscientes.
Uma pessoa é afetada tanto pessoal quanto universalmente pelas cores no seu ambiente. Estudos traçaram certos padrões de preferência de cor que estão relacionados à idade, ao factor sócio-económico e traços de caráter.
Quanto mais jovem for uma pessoa, mais provável será que ela prefira cores mais saturadas, mas à medida que envelhece, começa a preferir cores mais claras e menos saturadas.

No entanto, uma vez que não se pode afetar a história pessoal do indivíduo em relação à cor, o arquiteto ou designer é forçado a projetar de acordo com as experiências de cor que afetam a grande maioria das pessoas da mesma forma.

Veja aqui alguns exemplos, com curadoria do Obra Atelier, no Pinterest de projetos com cor.

Como a cor influencia arquitetura. Variadas cores.

Cor influencia arquitetura

VERMELHO

Efeito: emocionante, estimulante
Associação:
Positivo: apaixonado, fervoroso, ativo, forte, caloroso
Negativo: intenso, agressivo, furioso, feroz, sangrento
Caráter: Vermelho é a cor mais dominante e dinâmica. Na verdade, o olho precisa ajustar o foco, pois o ponto focal natural do vermelho fica atrás da retina. Consequentemente, o vermelho parece mais próximo do que realmente é.
Teto: intrusivo, perturbador, pesado
Paredes: agressivas, avançadas
Pavimento: consciente, alerta
Exemplo: Casa da Vinha Dama, utiliza a cor vermelha junto a entrada. Projeto Obra Atelier

LARANJA

Efeito: emocionante, estimulante, animador
Associação:
Positivo: jovial, animado, enérgico, extrovertido
Negativo: intrusivo, ruidoso
Caráter: O laranja é menos masculino do que o vermelho. Tem muitas poucas associações negativas. No entanto, pode parecer barato ou sem vigor se estiver com baixa saturação.
Teto: estimulante, que procura atenção
Paredes: quentes, luminosas
Pavimento: ativador, orientado para o movimento
Exemplo: Reformulação de Clinica Dentaria Pedro Azevedo, utiliza a cor Laranja em vários pontos. Projeto e Obra Obra Atelier

AMARELO

Efeito: Torcido
Associação:
Positivo: ensolarado, alegre, vibrante, vital
Negativo: egocêntrico, gritante
Caráter: Quando puro, o amarelo é a mais alegre de todas as cores. Irradia calor, alegria e inspiração e significa iluminação e comunicação.
Teto: leve (na direção do limão), luminoso, estimulante
Paredes: Quentes (em direção ao laranja), excitantes a irritantes (se altamente saturadas);
Pavimento: Eleva, desvia;
Exemplo: Reformulação de loja para Snack Bar e Tapas 25, utiliza a cor amarela em várias zonas do projeto. Projeto e Obra Obra Atelier

VERDE

Efeito: retrair-se, relaxar
Associação:
Positivo: tranquilo, refrescante, natural
Negativo: comum, cansativo
Caráter: Ao contrário do vermelho, ao olhar para o verde, o olho foca exatamente na retina, o que torna o verde a cor mais repousante para os olhos. O verde pode simbolizar a natureza, mas também mofo e doença.
Teto: protetor, o reflexo na pele pode ser pouco atraente
Paredes: frescas, seguras, calmas, confiáveis, passivas, irritantes se brilhantes (verde elétrico)
Pavimento: natural (se não muito saturado), macio, relaxante
Exemplo: Reformulação de loja para Beauty Studio Mariana Serra, utiliza a cor verde na própria marca. Projeto e Obra, Obra Atelier

AZUL

Efeito: retrair-se, relaxar;
Associação:
Positivo: Calmo, sóbrio, seguro, confortável, nobre;
Negativo: Assustador, deprimente, melancólico, frio;
Caracter: O azul parece ser transparente, húmido, fresco e relaxante. Ao contrário do vermelho, o azul diminui a pressão arterial e a pulsação de uma pessoa.
Teto: celestial, frio, recuando (se leve), pesado e opressor (se escuro);
Paredes: Frias e distantes (se claras), encorajadoras e aprofundamento do espaço (se escuras);
Pavimento: Sensação inspiradora de movimento sem esforço (se claro), substancial (se escuro);
Exemplo: Didden Village, utiliza a cor azul em todo o espaço exterior. Projeto MVRDV

VIOLETA

Efeito: Subjugador;
Associação:
Positivo: Digno, exclusivo;
Negativo: Solitário, triste, pomposo, vaidoso;
Caráter: Roxo ou Violeta é uma mistura de vermelho e azul (as duas cores psicologicamente mais opostas). O roxo ou violeta pode parecer delicado e rico, ou perturbador;
Teto: Desconcertante, subjugante;
Paredes: Pesadas, avassaladoras;
Pavimento: Fugaz, mágico;
Exemplo: Casa Purple Hill House em Gyeounggi-do na Coreia. Projeto de IROJE KHM Architects

Como a cor influencia arquitetura. Casa Purple Hill House em Gyeounggi-do na Coreia. Projeto de IROJE KHM Architects

ROSA

Efeito: Animado (rosa chiclete), calmante (rosa claro);
Associação:
Positivo: Animado, calmo, íntimo;
Negativo: Muito doce, fraco;
Caráter: A cor rosa deve ser utilizada com cuidado. Geralmente é considerado feminino, mas depende muito da nuance utilizada (rosa chiclete ou rosa velha);
Teto: Delicado, confortável;
Paredes: Inibidoras da agressão, íntimas, muito doces se não acinzentadas;
Pavimento: Muito delicado, não usado com muita frequência;
Exemplo: Casa Purple Hill House em Gyeounggi-do na Coreia. Projeto de IROJE KHM Architects


Notice: Undefined index: extension in /home/obraatel/public_html/wp-content/themes/obraatelier/lib/format_conteudo.php on line 67

Notice: Undefined index: dirname in /home/obraatel/public_html/wp-content/themes/obraatelier/lib/format_conteudo.php on line 68

Notice: Undefined index: extension in /home/obraatel/public_html/wp-content/themes/obraatelier/lib/format_conteudo.php on line 68

Notice: Undefined index: extension in /home/obraatel/public_html/wp-content/themes/obraatelier/lib/format_conteudo.php on line 75

Notice: Undefined index: dirname in /home/obraatel/public_html/wp-content/themes/obraatelier/lib/format_conteudo.php on line 76

Notice: Undefined index: dirname in /home/obraatel/public_html/wp-content/themes/obraatelier/lib/format_conteudo.php on line 79

Notice: Undefined index: extension in /home/obraatel/public_html/wp-content/themes/obraatelier/lib/format_conteudo.php on line 80

CASTANHO

Efeito: subjugador;
Associação:
Positivo: Quente, seguro, estável;
Negativo: Opressivo, pesado;
Caráter: Há uma grande diferença entre madeira e tinta castanha. Em certas instituições, o castanho deve ser evitado, pois evoca associações fecais. Madeira e pedra, por outro lado, parecem muito confortáveis e quentes;
Teto: Opressor e pesado (se escuro);
Paredes: Segurança e se utilizar madeira produz combinação poderosa;
Pavimento: Estável, caloroso;
Exemplo: Casa Lote 04, Guimarães. Usa a cor castanha no revestimento exterior, veja aqui como a pedra de xisto combina maravilhosamente com este tom. Projeto Obra Atelier.

BRANCO

Efeito: Desconcertante;
Associação:
Positivo: Limpo, nítido, brilhante;
Negativo: Vazio, estéril;
Caráter: Existem muitas justificativas psicológicas e fisiológicas para não usar o branco como cor dominante, no entanto é a cor que melhor realça as outras quando estas são pontuais;
Teto: Vazio, sem objeções de design – ajuda a difundir fontes de luz e reduzir sombras;
Paredes: Neutras a vazias, estéreis, sem energia. Ajuda a espalhar a luz;
Pavimento: Inibidor de toque (não deve ser pisado);
Exemplo: Casa da Oliveira, Vila Nova Famalicão. Usa a cor branca em contraste com cores mais escuras, o que realça e cria profundidade de planos valorizando a casa. veja aqui como a pedra de granito ganha destaque com a cor branca. Projeto Obra Atelier.

Como a cor influencia arquitetura. Casa da Oliveira. utiliza a cor branca que destaca a casa. Projeto Obra Atelier

CINZENTO

Efeito: Neutro para calmante;
Associação:
Positivo: Neutro;
Negativo: Chato;
Caráter: Cinzento não tem muita aplicação psicoterapêutica. É uma cor aborrecida se não for aplicada em materiais que lhe criem contraste, e jogos de luz e sombra;
Teto: Sombreado;
Paredes: Neutras a chatas;
Pavimento: Neutro;
Exemplo: Hotel VNF, Vila Nova Famalicão. Usa a cor cinza no material metálico de revestimento. veja aqui como a cor cinza pode ser destacada e favorecer o projeto, dando-lhe um aspeto moderno. Projeto Obra Atelier.

PRETO

Efeito: Sinistro;
Associação:
Positivo: Profundo, abstrato;
Negativo: Masmorras, noite, tristeza, morte;
Caracter: O preto está associado ao poder opressor, às trevas e ao desconhecido. Em arquitetura, é frequentemente utilizado para fazer parecer que o volume está recuado ou destacar outras cores;
Teto: Oco para opressor;
Paredes: Sinistro, semelhante a uma masmorra;
Pavimento: Estranho, abstrato;
Exemplo: Hotel BK, Angola. Utiliza a cor preta, como fundo para sobressair o material metálico de revestimento. A cor preta neste projeto da-lhe um toque glamoroso e contemporâneo. Projeto Obra Atelier.

Evidentemente, percebemos que a cor tem um enorme poder emotivo tanto em interiores quanto em exteriores de arquitetura. Ao projetar com cores, mesmo algo tão simples ou comum como preto e branco, a devida consideração à iluminação, ao material e ao design também é fundamental.

O arquiteto deve considerar o efeito de cor de cada elemento da construção de um edifício, desde as cores terrosas dos materiais de construção primários, como madeira, pedra, tijolo e mármore, até a ampla variedade de cores disponíveis para pintura, portas, janelas, revestimentos e aparar. Com cada cor frequentemente conotando uma série de emoções diferentes, das mais felizes às mais sinistras, apenas uma arquitetura ou design coeso e holístico pode garantir que o uso da cor produz o efeito pretendido.

Quer saber como contratar um arquiteto para o seu projeto, e obter o melhor uso da cor? Clique aqui.

O nosso website usa cookies. Ao continuar, assumimos sua permissão para a utilização de cookies, conforme detalhado na nossa politica de privacidade.

  • Sobre nós

    OBRA ATELIER é uma marca criada em 2004 que desenvolve serviços integrados com base numa arquitetura moderna, requintada e personalizada.

  • Serviços

    – Arquitetura, Engenharia e Paisagismo

    – Interiores e Design

    – Recuperação e Reformulação

    – Fiscalização e Gestão de Obra

    – Projetos Chave na Mão

  • Especialidade

    Especialistas em Projetos de Arquitetura Moderna e Contemporânea, assim como na Reformulação de Interiores e Execução/Gestão de Obra.

  • Contactos

    Tlf.: +351 252 996 374

    Whats app: +351 934 482 850

    info@obraatelier.com